Hostel World | Dicas sobre hostels e albergues

Todo mundo tem algum amigo que já ficou hospedado em um hostel e sempre vem contando várias dicas, ou então tem aquele conhecido que já fez um tour pela Europa e disse que é bem mais barato e compensa… mas afinal, existe algum perigo ficar em hostel? é confortável? os preços são realmente melhores do que hotéis convencionais? Até o final desse post tentarei esclarecer essas dúvidas que podem ser também as suas!!

Escreverei abaixo algumas dicas do que já vi nesses últimos 4 anos que viajei por alguns países (inclusive dentro do Brasil) e do que já vi e posso escrever com propriedade.

Para constar: já fiquei hospedado em hostels de Londres, Paris, Roma, Berlim, Atenas, Buenos Aires, Montevideo, Santiago e Rio de Janeiro além de ter a percepção e contos de dezenas de pessoas de todo o mundo que conheci nesses locais.

Afinal, o que é um hostel e/ou albergue?

Um hostel, ou albergue como também são conhecidos, são conceitualmente como hotéis porém sem todo o serviço de quarto e mordomia que esses oferecem. Quase sempre são freqüentados por pessoas jovens (entre 16 e 30 anos) que não se importam muito com conforto, privacidade, ou mesmo que não possuem muito dinheiro para pagar por um hotel convencional.

Os hostels geralmente são muito freqüentados (tanto aqui na América do sul) por gringos na sua maioria europeus uma vez que a cultura de se hospedar em hostels na Europa é muito forte principalmente para aquelas pessoas que acabaram de pegar um diploma universitário e tiram 1 ano de “folga” para viajar o mundo. Essa cultura é bastante difundida na Europa, Austrália e até em países como Israel, e acredite que já conheci dezenas de pessoas que simplesmente pegam o diploma universitário e saem para rodar o mundo… gostaria muito que essa cultura “pegasse” no Brasil, mas essa realidade de trabalhar e estudar ao mesmo tempo é o que nos resta para meros mortais de países subdesenvolvidos…

Como mencionei os hostels são bem freqüentados por jovens, porém já vi várias vezes pessoas mais velhas ou com família (pais e filhos pequenos) nos hostels. O que acontece é que geralmente esses reservam os quartos privativos para não ter que compartilhar com mais pessoas e assim tem sua privacidade garantida.

Outro ponto importante de se mencionar é que hostels são sempre um ótimo para fazer novas amizades, seja com brasileiros ou estrangeiros, pois assim como vc eles estão ali para conhecer o país e usualmente estão abertos para novas amizades também.

E com relação a localização dos hostels?

Os hostels normalmente ficam MUITO bem localizados nas cidades. Em todos os que eu já fiquei geralmente ficam no centro da cidade ou nas áreas mais boemias, ou seja, em locais com fácil acesso a restaurantes, farmácias, supermercados, etc. além de serem em locais seguros e bem movimentados.

Geralmente eles também ficam próximo a estações de metrô ou pontos de ônibus, o que facilita a locomoção dos hospedes que normalmente também não gostam de gastar muito dinheiro com taxis.

Ficar em hostel é seguro?

Posso afirmar categoricamente que SIM!! Em todas essas experiências que tive no Brasil e fora nunca ouvi ou presenciei sequer um relato de violência ou coisas piores que isso.

É certo que como em qualquer lugar que vc vai ficar e não seja sua casa vc precisa ter cuidados com suas coisas pessoais, pois pessoas mal intencionadas existem no Brasil e em todos os lugares do mundo. Sendo assim vai a primeira dica:

  1. Quando for agendar sua estadia em um hostel certifique-se que ele tenha um LOCKER que é uma “gaiola” ou armarinho onde vc pode trancar suas coisas. Quase todos os hostels que tive até hoje possuíam esses lockers dentro dos quartos, porém o cadeado não é oferecido, por isso sempre leve 1 ou 2 nas suas viagens.

Como são as acomodações nos hostels?

Os hostels geralmente oferecem alguns tipos de acomodação, as mais comuns são:

1. Quartos compartilhados com 4, 6, 8, 12 ou até 16 camas (geralmente beliches)

2. Quartos individuais ou com cama de casal (bom para quem vai de casal)

Em ambos os tipos de acomodação vc também pode pagar por um pouco mais de comodidade, como por exemplo, na argentina no hostel que eu fiquei hospedado vc pode pagar U$ 1 dólar a mais pela diária para ter um ar condicionado, ou mesmo pagar um pouco mais para ter uma suíte privada no quarto compartilhado ou no próprio quarto de casal.

Outro detalhe é que quando vc chega no hostel eles te dão lençol e travesseiros limpos, porém se vc quiser que lavem ou troquem é preciso pagar (por exemplo 10 euros). Vc também pode “alugar” toalha se quiser caso tenha esquecido.

Ouvi falar que hostel só tem quarto “mix” de homens com mulheres, como é isso?

De fato quase todos os hostels tem os quarto do tipo “mix” onde dormem meninas e meninos no mesmo quarto. Porém na sua grande maioria existe a opção de ficar em quarto somente com meninas ou somente meninos ou mesmo no privativo conforme mencionei acima.

Todos esses detalhes vc pode conferir na hora de fazer o agendamento, não se preocupe em chegar lá e ter a “surpresa” de alguém do outro sexo no seu quarto. Tudo é visto antes e alterado caso precise.

E os banheiros como são?

Se vc não pagar a mais para ter um banheiro tipo suíte então compartilhará alguns com os demais hospedes (o que é o mais comum). Nos hostels que fiquei geralmente eles tem um banheiro só para o banho e um com vasos sanitários.

Muitas pessoas devem estar pensando que pelo banheiro ser compartilhado quer dizer que as pessoas podem entrar qualquer hora no banheiro ou te ver tomando banho por exemplo. Não tem nada disso, os banheiros são privados, tem chave, etc.

Isso não quer dizer que dezenas de pessoas utilizam o mesmo banheiro todo o dia. Geralmente tem um banheiro para cada 2 ou 3 quartos. Outro detalhe é que as arrumadeiras lavam os banheiros todos os dias, então esses não ficam muito sujos, ou pelo menos não por muito tempo.

Nos banheiros não tem shampoo ou condicionador. Vc precisa levar tudo até o sabonete e toalha. Leve também um chinelinho havaianas para não sair com os pés molhados. Todos os hotels que fiquei até hoje possuíam água quente e fria disponível.

Mas afinal, quanto custa para ficar num hostel?

De fato ficar hospedado em um hostel pode custar até 10% do que vc pagaria por um hotel convencional, e realmente o custo x benefício é bastante vantajoso.

A média de uma diária na Europa é entre 10 e 15 euros a diária, o que daria algo em torno de 25 reais segundo a cotação de hoje.

Já na América do Sul pode ser até mesmo mais barato. Em 2012 paguei 25 reais na diária em Santiago e 23 reais na diária em Buenos Aires.

No Rio de Janeiro os hostels em que fiquei não eram tão confortáveis ou bons como em Buenos Aires, Santiago ou na Europa, mas ainda sim são boas opções para quem não tem muito dinheiro e quer viajar.

Hostel oferecem algum serviço? comida? Café da manhã? Internet WI-FI? Lavanderia?

Em todos os hostels que fiquei ofereciam um café da manhã simples grátis (incluso no valor da diária), e geralmente são oferecidos entre 08 e 10:30 hrs da manhã. No café geralmente oferecem suco, café ou chá, um pão local, geléia, margarina, sucrilhos e leite. Já vi em alguns servirem até pasta de amendoim para pão (em Santiago), mel, aveia, granola, etc. Mas geralmente existem opções suficientes para você ter um bom café da manhã.

Em alguns hostels também já vi venderem cafés separados mais “cheios” como por exemplo ovos com bacon, vitaminas, etc. Porém o almoço e janta geralmente ficam por sua conta, os hostels não tem serviço de bufet ou serviço de quarto que vc pode pedir algo para comer.

Posso mencionar que também existem alguns hostels (não todos) que possuem cozinha, e onde os próprios hospedes podem cozinhar, utilizar as panelas, pratos, microondas, geladeira, etc. Obviamente como é uma cozinha compartilhada vc precisa deixar tudo limpo quando sair (e lavar as louças claro)…

Na sua grande maioria os hostels oferecem internet WI-FI grátis na áreas comuns, como por exemplo onde é lounge ou onde ficam as mesas para o café da manhã. É difícil ter wi-fi nos quartos, porém vc pode dar sorte de ficar em um quarto que tenha o acesso das áreas comuns (já aconteceu comigo várias vezes). Alguns hostels também vendem acesso diários para internet (por exemplo 5 euros o dia) e vc pode utilizar nos quartos também.

Outra coisa bem comum é ter 2 ou mais PC´s convencionais com internet para os hospedes utilizarem. Geralmente são computadores não tão bons e com internet um pouco lenta. Vc também pode dar o usar de todos estarem sendo utilizados e ter que esperar por um.

Alguns hostels também tem lavanderia que vc pode pagar para eles lavarem suas roupas. Geralmente é uma taxa pequena se comparada com as lavanderias convencionais. Mas não são todos os hotels que oferecem esse tipo de serviço. Para saber se onde vc vai ficar oferece basta checar na descrição do hostel na hora de agendar.

Ok legal, mas onde posso agendar um hostel?

Hoje existem 2 grandes portais na internet que são os mais utilizados por todo mundo que quer agendar um hostel. São eles:

www.hostelworld.com.br

www.hostels.com

Em ambos é possível ler todas as informações em português e ver os preços em reais, dólares e euros. Eu particularmente prefiro o Hostelworld pois é bem completo.

Nesses 2 portais também possuem um esquema de ranking, onde vc pode filtrar ou ordenar os melhores hostels de acordo com a opinião das pessoas que já ficaram hospedadas lá, e esse ranking é muito importante para vc ter uma opinião sobre segurança, conforto e serviços que hostels oferecem.

Em ambos no momento da reserva é preciso pagar o equivalente a 10% do valor total da hospedagem para garantir a reserva. Esse pagamento pode ser feito através de cartão de crédito ou paypal.

Ouvi falar que nos hostels só tem balada todo dia e pegação, como é isso?

Não é bem assim… obviamente por ser um local mais freqüentado por pessoas jovens e geralmente solteiras é normal que haja um interesse mutuo por baladas e geralmente os próprios hostels fazem parcerias com os clubes noturnos (baladas) para obter desconto e vendem os ingressos. Alguns também fazem um “esquenta” alguns dias da semana no próprio hostel com happy hour vendendo cerveja mais barata, etc.

Mas isso tudo não quer dizer que vc será assediado(a) toda hora por bêbados. Geralmente esses “esquentas” são mais tarde da noite.

Hostels oferecem passeios turísticos nas cidades?

Em todos os hostels que já fiquei ofereciam tours ou dicas de tours pelas cidades. É muito comum achar um tour oferecido pelo próprio hostel (geralmente com preço bem abaixo) que fazem a pé ou de bicicleta um tour geral pela cidade explicando os pontos turísticos em inglês ou espanhol.

Nos hostels também é muito fácil encontrar qualquer outro tipo de informação, mapas, etc. Os atendente são bem treinados e sempre ajudam os hóspedes com suas necessidades.

Dicas de hostels?

Na América do Sul existe uma rede de hostels bastante famosa que se chama CHE LAGARTO e que oferece bastante conforto além de tudo que mencionei acima, e eles possuem hostels em

Já na Europa o ideal é agendar algum que está bem rankeado nos portais HOSTELWORLD ou HOSTELS conforme mencionei na sessão ONDE AGENDAR UM HOSTEL.

Curtiu esse post? Te ajudou em algo? Então compartilhe sua dúvida ou experiência no campo de comentários abaixo!! : )

 

Para ver também como tirar seu passaporte clique aqui.

 

Por: Thiago Magalhães


Pesquise a passagem dessa promoção aqui

Compre sua passagem aqui

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Twitter
Google Plus
Facebook